Segundo os especialistas, a música pode provocar, nos seres humanos, oito efeitos:

1. anti-neurótico
2. anti-distônico
3. anti-stress
4. sonífero e tranqüilizante
5. regulador psicossomático
6. analgésico e/ou anestésico
7. equilibrador do sistema cardiocirculatório
8. equilibrador do metabolismo profundo.

Para os estudiosos, a influência da música atinge diversos órgãos e sistemas do corpo humano:
O o cérebro, com suas estruturas especializadas, como o hipotálamo, a hipófise, o cerebelo; o córtex cerebral, o tálamo, o plexo solar, os pulmões, todo o aparelho gastrintestinal, e sangue e o sistema circulatório (com ação vasoconstritora e vasodilatadora, agindo, portanto, na pressão sanguínea), a pele e as mucosas, os músculos e o sistema imunológico.


Continue lendo…